CASO DE TRAIÇÃO

CASO DE TRAIÇÃO

Caso de traição entre casais pode ser investigado através de acompanhamento de foto e filmagens; colocar um rastreador por apenas um pacote de uma semana de cinco dias corridos ou alternados conforme cada caso possa estar sendo analisado.

Investigação conjugal; saiba como pegar uma traição conjugal; detetive particular; Edson Frazão professor que forma detetives a mais de 20 anos; é especialista em casos de traição conjugal; mesmo que o investigado esteja esperando; mas para isso o cliente deve sempre contar a verdade; pois tem clientes que executa o serviço por conta própria; e não traz nenhum resultado; e passa a contratar o serviço de investigação; esperando que tenha resultado; e não conta a verdade; de que já foi feito algo; e sim algo errado.

E claro; o detetive sem saber inicia um trabalho de investigação; e acaba sendo percebido; pelo fato de que; algo deu errado no passado; e não foi avisado pelo cliente que antes já tinha efetuado uma investigação; e seguido o investigado.

Como se deve proceder para contratar um serviço de acompanhamento conjugal:

Primeiramente; deve o contratante falar tudo sobre a pessoa; e expor com clareza tudo que sabe e se possível nos mínimos detalhes.

Deve passar todos os dados; e que esses dados sejam atuais; não podendo ter falhas nas informações; pois pode ocorrer; no atraso da entrega dos trabalhos.

Precisa sempre estar em comunicação com o detetive contratado; e ter muita confiança; o que é mutua.

Geralmente; a maior parte dos clientes que confiam no detetive particular; pagam a vista; e quando o detetive conhece a idoneidade; e seriedade do cliente; não menciona em pagar; pois já sabe que antes de sair da sala do detetive contratado; já manda fazer o deposito na conta do detetive; e muitas vezes; já o valor total; sem pedir descontos.

Um detetive deve proceder com o cliente no caso de traição:

E de obrigação do detetive particular oferecer ao cliente um contrato de prestação de serviços.

Não é necessário; obrigar o cliente a assinar; ou exigir que faça uso de informações pessoais; ( se ele não quer contrato pois assim seja); o importante; é deixar o cliente confiante e seguro; sempre imaginando que suas informações estão devidamente confiadas a um profissional serio.